Acessibilidade e direitos culturais são debatidos no Fórum Nordeste da Artes - Sesc

Notícias Sesc CE

Acessibilidade e direitos culturais são debatidos no Fórum Nordeste da Artes

qui 14 de março de 2019 09:49

 

Até sexta-feira (15), o novo projeto do Sesc convida artista e produtores culturais para reflexões e diálogos com o tema principal: “A Cultura na agenda política”.

Ainda dá tempo de participar da programação do Fórum Nordeste das Artes, iniciativa do Sesc na região, e que tem sua primeira etapa em Fortaleza. A programação acontece no Centro Cultural Belchior, sendo um convite a artistas e produtores culturais para o diálogo e propostas de novos fazeres, além de espaço de formação.

Na terça-feira (14/3), a partir da 9h, o tema Acessibilidade Cultural tem como debatedores Klistenes Bastos, produtor cultural de ações acessíveis e Valéria Cordeiro, coordenadora de Artes e Diversidade cultural – (CODAC), da Secretaria de Cultura.

No painel, os articuladores propõem a reflexão sobre a ideia de acessibilidade cultural para além das questões de inclusão de pessoas com deficiência. Na mesa, o conceito é usado para designar todo e qualquer acesso físico, comunicacional e atitudinal de pessoas, principalmente aquelas de vulnerabilidade social ou com deficiência (física, sensorial, emocional ou intelectual) ao patrimônio cultura material ou imaterial da humanidade.

Panorama de Formação em Arte e Cultura

A partir das 14h30, a mesa Panorama de Formação em Arte e Cultura apresenta o panorama atual da formação no Estado, tendo em vista as instituições e centros culturais que circundam entre a formação acadêmica, cursos livres e também por meio da experimentação e vivências. Com abordagem nas diversas linguagens da cultura, a importância da formação para os artistas e demais atores culturais no processo criativo e de execução de projetos e ações. Fran Teixeira (diretora de teatro e coordenadora do Curso de Licenciatura de Artes Cênicas do IFCE) e Bete Jaguaribe (diretora do Porto Iracema das Artes e Coordenadora do Curso de Cinema e Audiovisual da Unifor) promovem a conversa.

Gestão de Equipamentos Culturais

Na sexta-feira, 15/3, a partir das 9h, é a vez de refletir sobre os caminhos da gestão dos equipamentos culturais na esfera pública e privada, com foco nas experiências gerenciais, na identidade conceitual e qualificação dos espaços. O painel recebe para a conversa, Lenildo Gomes, gestor do Centro Cultural Belchior e Raimundo Moreira, ator, produtor, diretor e um dos idealizadores da Casa Absurda.

Direitos Culturais

Encerrando a programação do Fórum Nordeste das Artes, etapa estadual, na tarde da sexta-feira, 15/3, ´é a vez de debater sobre os Direitos Culturais no Brasil, tendo como base a Constituição Brasileira e os aspectos relacionados à cultura enquanto direitos humanos. A proposta é refletir sobre as políticas públicas destinadas ao campo da cultura e seu financiamento, fundamentado no conceito de cidadania cultural, como forma de proporcionar à sociedade o direito de acesso e fruição aos bens culturais.

Os convidados para o diálogo são: Henilton Menezes, gestor Cultural e ex-secretário de Fomento e Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura e Gyl Giffony, membro da Inquieta Cia. e do Instituto Brasileiro de Culturais.

Sobre o Nordeste das Artes

Em 2019, o projeto Sesc Nordeste das Artes será iniciado com o propósito de contribuir para articular e estimular a produção artística em todos os estados da Região. Serão realizados fóruns, mapeamentos e trocas de experiências que viabilizem a profissionalização de toda a cadeia produtiva das artes e a autogestão dos profissionais da Cultura. Estão previstas ainda vivências e intercâmbio de artistas entre os estados, em vista da diversidade cultural nordestina.

Além da troca de experiências sobre gestão e implementação de políticas públicas culturais, estão em pauta questões relacionadas aos direitos culturais, como o a liberdade de criação artística. O acesso para que todas as pessoas possam “fruir as artes” está estabelecido na Declaração Universal dos Direitos Humanos (Artigo 27º) e disposta no Artigo 215 da Constituição Federal a “valorização de manifestações culturais”.

“Queremos colaborar para que a Cultura seja considerada pela sociedade algo essencial para o desenvolvimento humano, econômico e político do país. A liberdade de criação e expressão artística deve ser garantida, é um direito cultural que a gente precisa respeitar e potencializar”, explica Chagas Sales, gerente de Cultura Sesc Ceará.

O fórum realizado em cada estado do Nordeste resultará em uma compilação que será apresentada à sociedade civil e norteará as ações do Sesc. Na próxima fase do Nordeste das Artes, acontecerão vivências e intercâmbios entre artistas do Nordeste.

Sesc Ceará e a Cultura
Norteado pela Política Cultural do Serviço Social do Comércio, o Sesc Ceará realizou mais de quatro mil apresentações em todo o estado em 2018, contemplando 1.597.893 espectadores. Mantida por empresários do comércio de bens, serviços e turismo, é a instituição privada que mais investe em Cultura e desenvolvimento artístico no Estado. Um dos fundamentos do seu Programa é o “diálogo permanente entre os diversos atores sociais”(Política Cultural Sesc).

Serviço
Projeto Sesc Nordeste das Artes – Fórum Estadual Ceará
Até 15 de março fr 2019
Local: Centro Cultural Belchior ( Rua dos Pacajus, 123 – Praia de Iracema)
Acesso Gratuito
Programação

14/3

Acessibilidade Cultural
Horário: 9h
Palestrantes: Klistenes Bastos, produtor cultural de ações acessíveis. Valéria Cordeiro, Coordenadora de Artes e Diversidade Cultural da Secult.

Panorama de Formação em Arte e Cultura
Horário: 14h30
Palestrantes: Fran Teixeira, diretora de teatro, Coordenadora do Curso de Licenciatura de Artes Cênicas do IFCE e professora dos Cursos de Mestrado da UFC e IFCE. Bete Jaguaribe, diretora do Porto Iracema das Artes e Coordenadora do Curso de Cinema e Audiovisual da Unifor.

15/3
Gestão de Equipamentos Culturais
Horário: 9h
Palestrantes: Lenildo Gomes, Gestor do Centro Cultural Belchior. Raimundo Moreira, ator, produtor, diretor e um dos idealizadores da Casa Absurda

Direitos Culturais
Horário: 14h30
Palestrantes: Henilton Menezes, Gestor Cultural e Ex-Secretário de Fomento e Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura. Gyl Giffony,Membro da Inquieta Cia. e do Instituto Brasileiro de Culturais.

Acesso Rápido

Leia Também

TV Fecomércio

A Fecomércio TV é uma área corporativa na internet. Nela será transmitida a programação da Fecomércio, Sesc, Senac e IPDC. Também será um espaço de divulgação da agenda administrativa e de eventos da instituição.

Facebook

Instagram