Museus Orgânicos dos Mestres de Cultura Tradicional do Cariri - Sesc

Museus Orgânicos dos Mestres de Cultura Tradicional do Cariri

O Museu é um espaço que conserva, difunde e expõe os testemunhos materiais do homem e de seu entorno, para educação e apreciação da sociedade, é o que diz o Conselho Internacional de Museus(International Council of Museums). Com base na definição clássica difundida na atualidade e ao mesmo tempo inovando para colaborar ainda mais com as formas de expressividade humana, o Sistema Fecomércio – CE, por meio do seu braço social, o Sesc, reconhece um novo tipo de Museu: o orgânico, baseado no vínculo com a história e dos lugares onde vivem os mestres de cultura popular.

Objetos pessoas, fotografias, vestimentas, instrumentos e tudo que marca o dia a dia e consolida as manifestações tradicionais são algumas das características que denotam os espaços chamados de Museus Orgânicos dos Mestres de Cultura Tradicional do Cariri.

O Sesc, braço social do Sistema Fecomércio – CE, ao longo de 70 anos no Ceará, é uma instituição que atua no desenvolvimento social ações em diferentes campos de atuação. Tratando a cultura de tradição como parte integrante da expressão humana, a instituição é precursora no reconhecimento dos Museus Orgânicos dos Mestres de Cultura Tradicional do Cariri, no País.

O projeto nasceu com o amadurecimento da parceira com a Fundação Casa Grande, localizada na cidade de Nova Olinda, para o fortalecimento de uma rede formada por lugares de memória, sendo o Sesc um ativador desses espaços.

Os projetos passam por pesquisas e estudos consistentes a respeito de cada tradição cultural, suas referências coletivas e o impacto na comunidade. Deste modo, são organizados os espaços com os acervos de vestimentas, fotografias e instrumentos utilizados pelos Mestres e seus brincantes, dentro da perspectiva de arquitetura do afeto e memória afetiva. As intervenções durante o desenvolvimento do Museu Orgânico foram realizadas de maneira colaborativa da equipe do Sesc Ceará junto ao acompanhamento do Mestre e de sua família.

Para selecionar os Mestres, o Sesc Ceará foi a campo para visitar espaço a espaço com o intuito de entender suas histórias e a sua importância enquanto patrimônio imaterial. Até 2019, o Sesc Ceará fará a implementação de todos os 16 museus integrantes do projeto.

Museu Orgânico Casa do Mestre Antônio Luiz

Antônio Luiz de Souza, o Mestre Antônio Luiz nasceu em Potengi, em 1957, cidade onde mora até hoje. Aos 61 anos, é referência como Mestre de Cultura, idealizador e brincante do Reisado de Máscaras, no Sítio de Sassaré, em Potengi, região do Cariri. No Museu Orgânico Casa do Mestre Antônio Luiz, todo o acervo é exposto.

São vestimentas, fotografias, instrumentos e tudo que contribuiu para a criação do seu grupo Reisado de Caretas de Couro, de Potengi, com a tradição cultural das Máscaras. O grupo o qual ele está à frente traz referências diferenciadas em relação a outros reisados, como o Velho Bacurau e a Velha Quitéra, acompanhadas pelos caretas, um boi, um urubu, uma burrinha, um jegue, um cavalo, um carneiro e uma ema.

O enredo se dá por meio de sons e ruídos produzidos pelos personagens e brincantes, construindo uma linguagem própria do grupo, que pelo uso das caretas de madeira de “mulugum” (árvore nativa da região), contribui para que os sons entoados se caracterizem como uma melodia peculiar no universo dos reisados.

Clique aqui e conheça mais sobre o Museu do Mestre Antônio Luiz

Museu Orgânico Oficina do Mestre Françuili

Nos olhos, o fascínio por aviões e, nas mãos, a habilidade de moldar objetos, essa combinação transformou Francisco Dias de Oliveira em um artesão mestre da cultura. Com uma lâmina flexível de metal, material conhecido como flandre, tudo o que Mestre Françuili imagina se materializa, hoje ele tem uma frota de 32 aeronaves e um grande acervo de objetos que simbolizam o sertão. Sua casa tem espaço para guardar ultraleves, helicópteros, foguetes e até disco voador, tudo em miniaturas caprichosas e detalhistas, algumas até motorizadas, que ele reproduziu só de olhar.

O pequeno tesouro do mestre, assim como sua casa, espaço repleto de cores, formas e imaginação, serão identificados como o Museu Oficina do Mestre Françuili, um centro cultural para visitação de estudantes, turistas e também seus conterrâneos da cidade de Potengi, município da região Caririense e terra-natal do artesão.

O flandeiro é um patrimônio vivo da inteligência, destreza e inventividade do povo nordestino. Moldar miniaturas é um talento que começou a desenvolver ainda na infância, quando viu primeira vez um avião planar acima da plantação onde trabalhava e sua imaginação decolou junto com o voo.

Clique aqui e conheça mais sobre o Museu Orgânico Oficina do Mestre Françuili

 


Acesso Rápido

Leia Também

Prorrogadas as inscrições para credenciamento de grupos juninos para Circuito Sesc Junino 2022

Prorrogadas as inscrições para credenciamento de grupos juninos para Circuito Sesc Junino 2022

Os grupos de quadrilhas juninas interessados em participar do tradicional Circuito Sesc Junino este ano terão uma nova chance para participar do Credenciamento. As inscrições foram prorrogadas até domingo, 15/05. Uma das maiores expressões culturais do Nordeste, as quadrilhas juninas fazem parte do calendário regional, movimentando comércio, artistas e os corações dos apaixonados pelos festejos.  […]

TV Fecomércio

A Fecomércio TV é uma área corporativa na internet. Nela será transmitida a programação da Fecomércio, Sesc, Senac e IPDC. Também será um espaço de divulgação da agenda administrativa e de eventos da instituição.

Facebook

Instagram