Revista Sinais Sociais

Com sua finalidade social de difusão do conhecimento em perspectiva crítica, a revista Sinais Sociais contribui para a reflexão sobre os principais problemas e questões atinentes à agenda pública brasileira, apresentando nesta edição um conjunto de textos produzidos por professores e pesquisadores das áreas de literatura, filosofia, ciências humanas e sociais. Orientados por perspectivas teóricas diversas, os autores lançam olhares meticulosos sobre temas como leitura e adolescência, arte e corpo, cotas raciais, desenvolvimento econômico, violência e alteridade.

A relação dos adolescentes com a leitura de livros na sociedade atual – em que as novas tecnologias exercem um fascínio cada vez maior sobre as nossas vidas, especialmente das gerações mais jovens – é o tema do artigo Entre a obrigação e o prazer: a leitura para adolescentes de Barcelona e do Rio de Janeiro, escrito pela professora Isabel Travancas. Tomando como referência espacial duas cidades bem distintas, a autora utiliza um conjunto de metodologias que engloba a aplicação de questionários, entrevistas com adolescentes, observação participante e análise comparativa, e inclui em sua análise o papel desempenhado pelas escolas como espaços de estímulo à leitura e formação de futuros leitores.

No texto ‘Ler, ver o rosto’ e ‘Olhar com todo corpo’: anotações, montagens e investigação com a arte, o poeta e professor Manoel Ricardo de Lima realiza uma instigante reflexão acerca das figurações do rosto e da poética do corpo, tendo como referência para o desenvolvimento de suas investigações sobre a arte contemporânea alguns trabalhos do escritor e fotógrafo Jorge Molder e do cineasta e videoartista Alexandre Veras. Nesse ensaio, o autor não se propõe a produzir uma análise pormenorizada das obras dos dois artistas, mas sim uma digressão sobre como a atividade artística possibilita múltiplas formas de olhar e perceber o mundo atual.

O racismo e a discriminação racial são problemas complexos e suscitam abordagens investigativas diversas para compreendermos as nuances das iniquidades raciais presentes na sociedade brasileira. Em seu artigo, De volta ao futuro: o que podemos concluir do debate acerca das cotas raciais, o professor de ciência política João Feres Júnior examina e questiona os argumentos elaborados pelos opositores das políticas de ação afirmativa racial para o acesso ao ensino superior no Brasil. O texto resulta de uma pesquisa sistemática que analisou editoriais, reportagens, artigos de opinião e cartas de leitores, entre outros textos publicados em dois importantes jornais de circulação nacional no período de 2001 a 2012, contribuindo assim para a construção de um cenário favorável ao debate público em torno das ações afirmativas raciais no país.

Discutir o crescente papel da China no processo de desenvolvimento latino–americano nas duas últimas décadas, assim como as implicações econômicas e políticas decorrentes dessa relação, são os objetivos do professor Wagner Tadeu Iglecias em seu artigo. Apresentando dados referentes ao comércio e ao fluxo de investimentos entre a China e a América Latina, o autor questiona se o modelo econômico que está sendo estruturado entre os países latino-americanos e a economia chinesa corresponde a uma relação econômica mais simétrica, implicando em ganhos reais para ambas as partes, ou se reproduz histórico padrão de dependência da América Latina em relação aos países mais dinâmicos do ponto de vista da economia mundial.

Racionalidade, alteridade e violência são temas abordados no artigo do filósofo Alexandre Marques Cabral. O autor parte da hipótese de que a violência é um elemento central presente na tradição cultural do ocidente e precisa ser pensada a partir da relação que se estabelece com a razão e a anulação da alteridade. Na problematização dessa relação, ele toma como referência as ideias de Emmanuel Lévinas e Hans Jonas, pensadores fundamentais para refletirmos sobre as questões postas pela existência contemporânea.

Por fim, na presente edição da Sinais Sociais reiteramos a vocação da revista em promover e disseminar em todo território nacional o conhecimento produzido nas universidades e centros de pesquisas ligados ao ensino, à pesquisa e à reflexão, pois entendemos que as ações implementadas por uma instituição social com as características e a capilaridade do Sesc são indissociáveis de interpretações e diagnósticos sobre as contradições e assimetrias inerentes ao mundo contemporâneo.

Sumário:

Racionalidade, alteridade e violência: uma abordagem à luz de Emmanuel Lévinas e Hans Jonas
Alexandre Marques Cabral

Entre a obrigação e o prazer: a leitura para adolescentes de Barcelona e do Rio de Janeiro
Isabel Travancas

De volta ao futuro: o que podemos concluir do debate acerca das cotas raciais
João Feres Júnior 



Ler, ver o rosto’ e ‘Olhar com todo o corpo’: anotações, montagens e investigação com a arte
Manoel Ricardo de Lima

O papel da China no desenvolvimento latino-americano nas duas últimas décadas: implicações econômicas e políticas
Wagner Tadeu Iglecias

Número de Páginas:

164 páginas

 

Arquivos para download

Revista Sinais Sociais N31

Leia Também

TV Fecomércio

A Fecomércio TV é uma área corporativa na internet. Nela será transmitida a programação da Fecomércio, Sesc, Senac e IPDC. Também será um espaço de divulgação da agenda administrativa e de eventos da instituição.

Facebook

Instagram